Dança Cigana: A dança que envolve a alma!

A Dança Cigana não só faz maravilhas ao corpo, como também refresca a alma.

São vários os ritmos, cada um com seu significado, mas todos levam as características de leveza, alegria e sentimentos.

A dança cigana é a forma de se expressar desse povo e é um despertar para a vida!

Cada movimento da dança retrata uma história do povo cigano e possui sempre um significado místico e espiritual. Seus movimentos podem expressar sensualidade, amor, raiva, alegria, ou tristeza. Tudo feito com muita graça em uma dança atrativa e envolvente.

Dança envolvente

Dança envolvente

Benefícios

Desenvolve a coordenação motora, traz flexibilidade e proporciona o alongamento, como também o fortalecimento muscular. Evita o stress, aumenta a autoestima e a sensualidade.

A Dança Cigana, além de sensual e alegre, ensina as mulheres a dominar todos os elementos da natureza e a fazer uso dos mesmos dentro do dia a dia.

Simbologia

Há vários artefatos ciganos, como o véu que representa a leveza do espírito do vento, a castanhola a terra fértil como o ventre de uma mulher, o punhal é a força, a luta, é o símbolo masculino, o leque é mistério e sedução, quando uma cigana dança com o leque ela afasta de seu corpo e de sua alma todos os elementos negativos que possa atrapalhar seu caminho. O xale remete a ancestralidade da cigana, é abrigo, afago e proteção, a cigana com xale é sinal de respeito às avós anciãs. A cigana quando baila com uma rosa em uma das mãos reverencia o amor e a espiritualidade de seu povo, os colares pulseiras, entre outros.  Tudo na dança cigana tem um propósito.

A saia é o traje principal de uma cigana assim como os corpetes ou vestidos, a saia é a essência de uma cigana e as cores revelam sua personalidade. Representam as asas da borboleta que representam a transformação da mulher.

asas de borboleta

asas de borboleta

A dança cigana não tem ligações religiosas, é uma dança que reverencia a beleza da mulher, nossa Deusa Interior, podendo toda pessoa de qualquer credo e idade participar, ciganas sejam elas de sangue ou de alma não são preconceituosas, são livres por natureza e respeitam todas as linhas e formas de expressões.

Dançaterapia

Nessa dança abarcamos todas as culturas e sons do mundo. A dança cigana trabalha todo o corpo através de seus sublimes e alegres movimentos, sendo uma rica aliada a nossa saúde corporal, mental e psíquica, trazendo equilíbrio, vigor, leveza fortalecendo desta maneira a auto-estima e realçando a feminilidade.

A Dança Cigana e sua origem

Os ciganos adoram dançar. Desde criança eles ouvem e dançam ritmos e sons tradicionais que aprendem desde cedo com parentes e amigos nas festas no acampamento.

A Dança Cigana é uma dança sagrada. É uma dança que se manifesta de forma livre e espontânea, baseada no sentimento, com o objetivo de envolver o coração e a alma de todos os participantes. É uma dança onde a natureza é reverenciada, a fim de trazer sua energia e fortalecimento.

A dança cigana em sua essência não possui coreografia pois como é uma manifestação da alma de cada um, é uma dança muito livre.

O bailar cigano é despertado dentro de cada mulher, naquilo que ela traz de sua ancestralidade no culto e manipulação dos elementos e nos círculos familiares. Para que isso ocorra exige-se da instrutora um grande conhecimento da cultura e a espiritualidade cigana. Dessa forma, ela irá introduzir e desenvolver as capacidades de cada mulher iniciada na dança cigana como uma mãe passava a magia da dança para as filhas.

Não é preciso ter “sangue de cigano” para saber dançar, o necessário é força de vontade, determinação, dedicação, respeito e humildade, pois tudo deve ser ensinado e aprendido no tempo certo. A instrutora de dança cigana segue o ritmo de aprendizagem de cada aluna e determina quando o uso dos instrumentos que acompanham a dança é ensinado, como acontece de geração em geração.

A Magia da Dança Cigana

É dito que a dança dos ciganos tem um toque de magia. E tem mesmo!

Os ciganos possuem muito respeito e uma conexão muito forte com a natureza e seus elementos, o que fortalece sua espiritualidade e transparece no olhar, nos movimentos que vem de dentro, da alma e são traduzidos em dança.

Por isso é uma dança de cura, a cura da alma de cicatrizes que absorvemos ao longo da nossa vida. Tudo é expressado e liberado através da dança.

Autoconhecimento

Na dança cigana aprende-se a expor os sentimentos, se conhecer internamente, quebrar paradigmas e com isso respeitar a si mesma e ao próximo, além da auto-aceitação e promoção da auto-estima, aumento da serotonina e endorfina, prazer e alegria internos, pois quando dançamos aprendemos a conhecer nossos movimentos, corpo e limites. Nossos limites só podem ser superados por nós mesmos, mas, para superá-los, antes precisamos conhecê-los.

Se informe sobre as turmas de Dança Cigana na Casa Dill’Aram pelo whatsapp ou email.

Dança

SOBRE AUTOR

Dillaram Campinas

COMENTÁRIO (1)

  • Amo danças ciganas.namastê